quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Atividades em sala de aula 4

      
       Ensinei ao meu aluno Jonathan uma rosa. Rosa Kawasaski de Toshikazu Kawasaki. Não aprendeu de primeira, mas é um adolescente esforçado. Ficou super entusiasmado. Queria dobrar uma logo e dar de presente para a mãe dele. Já disse que eles (juniores e adolescentes) surpreendem pelo empenho e criatividade, quando são estimulados e bem orientados. Deixei o diagrama com ele e mostrei as dobras importantes antes da roda (twist). No outro dia ensinei o que faltava. Não demorou muito estava pronta a primeira rosa dele. Papel de rascunho. Depois outros alunos se interessaram.e até aqueles que não se aprofundavam muito no assunto. Alguns têm mais dificuldades mesmo e ajudei em alguns intervalos (recreio). Não trabalho diretamente com o conteúdo Artes na escola e por isso a ajuda foi dada nos sábados na reposição de aula. Tudo previeamente conversado com direção e alunos. Os que já estavam hábeis ajudaram a quem ainda não tinha aprendrendido tudo. Agora eles estão reproduzindo o conhecimento na sala sozinhos. Recebo críticas às vezes, pois ensinar algo diferente, mesmo nos intervalos fomenta o espanto.Prefiro ver os alunos encantados com as dobras do origami a outras atividades obscurecedoras que podem seduzi-los, principalmente os que moram na periferia. Para quem ainda tem dificuldades em dobrar a rosa deixo este link que acho muito bom para ensinar e aprender a rosa .

Rosa engraçadinha do Luciano ( 8º ano)

9 comentários:

  1. Oi Deinha,
    que delícia poder ensinar os alunos que têm sede de conhecimento. Independente da habilidade, eles se esforçam muito.
    Parabéns pela dedicação, o resultado foi lindo!
    Beijos,
    Lilian

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Origamis da Yayoi!!!Ensinar para quem realmente quer aprender é muito bom!Há uma troca interesante de informações e mistura de sentimentos!Aprendo muito com aqueles adolescentes.Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Deinha! Entendo a sua situação e intenção. Aconteceu comigo, quando mostrei o que fazia com papel e quando eu resolvi ensinar.Há pessoas que torcem o nariz para a novidade e diferença que você faz, principalmente na escola. Só que eu penso, escola não é empresa que te promove ou te rebaixar, por isto aquilo que vocês a mais. Melhor dobrar Origami e dar para alguém que se ama, do que dobrar outra coisa e dar para destruir a vida de alguém. Melhor ensinar a dobrar do que ensinar como lidar com uma arma. Se queremos que nossos alunos estejam presentes e próximos a nós, porque não usar esta técnica?
    Bjos. Lindas as rosas.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Neca por suas palavras encorajadoras. Educação no Brasil é algo bem questionador. Trabalhar com a consciência de que está promovendo o bem e que seu trabalho pode mudar destinos, deve ser a meta daqueles que sabem o valor do conhecimento.Hoje entendo que quem torce o nariz ainda não tem essa compreensão.Quem sabe um dia a terão?Ensino aos alunos origamis intermediários, pois são os que agradam a eles.A arte é uma poderosa arma e os mais esclarecidos sabem disso.Um grande beijo!!!

    ResponderExcluir
  5. Ô, aula gostosa!! Ah... se na minha época de escola eu tivesse uma professora assim!! :)

    Parabéns, mestra!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Yara!!!! Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  7. Yara Yagi pois eu estou na escola e também não tenho nenhuma prof. assim =S

    Beijo e A continuação de um bom trabalho!

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo!!! Amo ver suas criatividades.... Os alunos adoram coisas novas. Abraços...

    ResponderExcluir
  9. ???Obrigada pelo elogio!Realmente eles gostam muito!Um beijo!

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante! Pode comentar à vontade!